Relatório Mundial da Água deverá nortear conferência internacional promovida pelo Confea

Brasília, 30 de março de 2016

“O Relatório Mundial das Nações Unidas para o Desenvolvimento de Recursos Hídricosdeverá nortear as discussões em torno do tema central da conferência internacional ‘Água e Energia: novas abordagens sustentáveis’, que o Sistema Confea/Crea realiza de 27 a 29 de julho próximo, em Brasília”, afirma José Tadeu da Silva, presidente do Confea. Diante do que o relatório concluiu – que 78% dos empregos no mundo dependem de recursos hídricos – Tadeu acredita que a realização da Conferência é “mais que acertada”.

Lançado por ocasião do Dia Mundial da Água, 22 de março, o relatório, produzido pela Unesco, recomenda que cada país, conforme a sua base de recursos, potencialidades e prioridades, identifique e promova estratégias específicas e coerentes, bem como planos e políticas para alcançar o equilíbrio ideal entre os setores da economia e gerar o melhor resultado possível de empregos decentes e produtivos, sem comprometer a sustentabilidade dos recursos hídricos e do meio ambiente. “A partir da Conferência que promoveremos em julho e das manifestações dos participantes, poderemos fazer propostas e contribuir com o governo”, completa Tadeu.

A Unesco estima que mais de 1,4 bilhão de empregos, ou 42% do total da força de trabalho mundial, são altamente dependentes dos recursos hídricos. Entre os setores mais atingidos estão a agricultura, indústria, silvicultura, pesca e aquicultura, mineração, suprimento de água e saneamento e produção de energia. “Essas atividades estão todas relacionadas com nosso Sistema profissional. É imprescindível que nos engajemos nesse assunto”, aponta o presidente do Confea.

O Relatório Mundial das Nações Unidas para o Desenvolvimento de Recursos Hídricos foi produzido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco), em nome da ONU Água.

Equipe de Comunicação do Confea
Com informações da Agência Brasil

Compartilhar