Entidades de classe e Confea debatem legislação

Foz do Iguaçu, 31 de agosto de 2016.

JT2A Resolução nº 1075/2016, que dispõe sobre normas entre o Confea e entidades de classe para o repasse de recursos, e a Lei nº 13.019/2014, que trata das novas formas de parceria da Administração Pública com as organizações da sociedade civil, foram o foco do debate que reuniu as principais lideranças da área tecnológica nacional ontem, na Soea. O presidente do Confea, José Tadeu da Silva, afirmou que diante da vigência da nova lei, foi necessário adequar as normas que regulam o repasse de recursos para que as entidades realizem cursos, conferências e impressão de livros ou revistas técnicas que visem atualizar o conhecimento dos profissionais associados.

Falando sobre “o corpo e a vida do Sistema”, que considera “singular”, o presidente reconheceu “a importância das entidades de classe, algumas delas criadas antes do Sistema Confea/Crea”, e disse que “é preciso refletir sobre a legislação”. Para José Tadeu, serão encontrados caminhos para contemplar legalmente as entidades de classe com recursos vindos da arrecadação: “Vamos fazer reuniões virtuais permanentes. Vamos caminhar para resolver a questão e depois fazer um congresso nacional das entidades de classe”.

Maria Helena de Carvalho
Equipe de Comunicação da 73ª Soea

Compartilhar